Escolha uma Página

Dermatologia

Dermatologia é a especialidade médica que se ocupa do diagnóstico e tratamento clínico-cirúrgico das doenças que acometem o maior órgão do corpo humano – a pele. A especialidade engloba ainda as doenças que acometem os anexos cutâneos: cabelos e unhas, bem como as mucosas (ex: boca e genitais).

A Dermatologia atua em todos os processos fisopatológicos que envolvem a pele: desde simples infecções, reações auto-imunes e inflamatórias, e tumores. A hansenologia é outra importante área de atuação da dermatologia. Por lidar com a pele, a dermatologia é a especialidade médica mais indicada para atuação em cosmiatria. Atualmente, o Dermatologista formado pode realizar subespecialização em Dermocosmiatria, onde o estudo e aplicação no campo da cosmiatria é o centro de ação desse profissional. Outro destaque é a Cirurgia Dermatológica que é uma subespecialidade da Dermatologia, onde o profissional médico se gabarita a realizar procedimentos cirúrgicos de maior complexidade da pele e seus anexos (unhas, cabelos, glândulas, etc). (fonte winkipédia )

BOTOX®

Um dos procedimentos estéticos mais realizados no mundo utiliza a toxina botulínica para a paralisação localizada de feixes musculares com melhora das linhas de expressão. Sua principal indicação é o tratamento do terço superior da face que compreende a região da glabela, fronte e peri – orbitária. Técnicas de aplicação para modificação do sorriso, flacidez cervical, lifting e hiperidrose também apresentam sucesso.

PREENCHIMENTOS

O uso dos preenchedores é consagrado para a atenuação de linhas e sulcos anatômicos, correção de cicatrizes e linhas peri-orais, aumento do volume de lábio e reposição de volume em áreas específicas. Existem vários tipos de implantes injetáveis adequados para as diversas indicações técnicas. O ácido hialurônico se destaca por ser um preenchedor seguro e com grandes resultados estéticos.

EPILAÇÃO COM LASER

A epilação com laser hoje é sinônimo de conforto, economia e segurança. O laser, com a capacidade de atingir alvos específicos na pele, é capaz de destruir o folículo piloso sem afetar estruturas subjacentes.

REJUVENESCIMENTO COM LASER

O laser fracionado é um equipamento com atuação no colágeno proporcionando grande estímulo a neocolagenogênese. O fracionamento dos raios facilita a fabricação de colágeno novo, produzido por células estimuladas pela energia do laser. Além do estímulo dérmico pode haver também agressão epidérmica, diferenciando assim as técnicas ablativas, e não ablativas. Estes equipamentos se destacam em quesitos técnicos proporcionando resultados evidentes e duradouros.

PEELINGS QUÍMICOS

Peelings: São tratamentos realizados com o objetivo de produzir reepitelização da pele. A troca do epitélio ajuda no processo de rejuvenescimento da pele com a eliminação de manchas solares e melhora das marcas. Os peelings são classificados em superficiais, médios e profundos:

    1. Superficiais: Ácido salicílico. São indicados para danos leves e manutenção da pele.
      2. Médios: Ácido retinóico, ácido glicólico. São indicados para recuperação do colágeno, melhora do fotoenvelhecimento, cicatrizes, estrias e melasma.
      3.Profundos: Ácido tricloroacético, fenol. São indicados principalmente para rejuvenescimento profundo devido à grande agressividade. Tratamentos localizados para área da boca e olhos são interessantes.

Cirurgia dermatológica

A cirurgia dermatológica é a sub-especialidade da dermatologia que desenvolve as técnicas para o tratamento de doenças cutâneas e para correções estéticas da pele.

Toda cirurgia deve estar cercada de muitos cuidados. A escolha do melhor momento, da anestesia, o uso de materiais adequados e a atenção pós-operatória, são essenciais para o sucesso dos procedimentos.

Os principais procedimentos e indicações seguem abaixo:

  • Biópsia: É a retirada de um pequeno fragmento de pele para estudo anátomo-patológico. A pele é observada microscopicamente para a identificação das alterações da doença.
  • Cauterização: Indicada para a eliminação de alguns tipos de nevos (pintas), fibromas, hemangiomas, verrugas, queratoses seborreicas e solares e também, em algumas situações, para o tratamento do câncer de pele, usa o bisturi eletrônico para provocar uma queimadura controlada com a eliminação das células afetadas. A cicatrização é, em média, de 30 dias.
  • Exerese: As técnicas de corte cutâneo mudam conforme a doença que está sendo tratada. A retirada de lesões com o bisturi pode ser circular ou fusiforme, superficial ou profunda e em determinados tumores com margem de segurança. Técnicas de correção plástica como exertia e retalhos são manobras em alguns casos necessárias. Doenças como cistos sebáceos, dermatofibromas, unha encravada, alguns nevos, os tumores malignos da pele são exemplos de doenças que precisam de exerese.
  • Crioterapia: Usa o nitrogênio líquido para promover eliminação das células doentes através de congelamento. Usado para o tratamento do leucoderma, das melanoses, das verrugas, das queratoses solares e em algumas indicações o câncer de pele.
  • Cauterização química: Usa ácidos agressivos para eliminar verrugas, queratoses, calosidades, xantelasma e melanoses. Os ácidos mais utilizados são o ácido nítrico e o ácido tricloroacético.

Terapia fotodinâmica: Técnica indicada para o tratamento da pele danificada pelo sol e com lesões precursoras de câncer de pele, utiliza um medicamento que reage com a luz para a recuperação do tecido doente. Pode ser usado também o 5-fluoracil como quimioterapia tópica. 

DICAS DERMATOLÓGICAS

Proteção solar:

  • O uso dos bloqueadores solares é essencial para a manutenção da boa saúde e da estética da pele. A recomendação clássica é para que as pessoas usem FPS 30 ou maior em aplicações diárias em média a cada 2 horas. Evitar exposição solar direta em horários de pico de incidência de radiação ultravioleta (10:00hs às 16:00) e usar proteções como chapéus e roupas com tecidos especiais que apresentam a capacidade de evitar a radiação UV podem ajudar a evitar os danos solares. 

Banho:

  • Evite tomar muitos banhos por dia. O banho deve ser morno e rápido. O ideal é dar preferência aos sabonetes glicerinados e não usar buchas.

Roupas:

  • O uso de tecido de algodão costuma ser melhor para a pele. Devemos evitar o uso exagerado de produtos para o cuidado com as roupas.

Alimentação:

  • A alimentação balanceada, com frutas, legumes e verduras ajuda a pele a ficar bonita. A hidratação também é fundamental para a boa saúde.

Tipos de pele:

  • Tente reconhecer o seu tipo de pele e usar produtos adequados. A pele oleosa se adapta melhor com produtos em gel e a pele seca com loções ou cremes. Peles mistas precisam de atenção especial.

Maquiagem:

  • Usar produtos de qualidade com moderação e realizar uma boa limpeza são cuidados necessários.

Cabelos:

  • Observar as características dos fios e do couro cabeludo é fundamental. Controlar a oleosidade natural do couro cabeludo e evitar o ressecamento dos fios é importante para evitar queda e quebra dos cabelos. Lavar os cabelos com xampu glicerinado, sem sal e de ph neutro, não dormir com o cabelo molhado, evitar excesso de cremes e condicionadores, usar secador com moderação e cuidados com tratamentos químicos são essenciais para um cabelo bonito e um couro cabeludo saudável.

Unhas:

  • O uso rotineiro de esmaltes e removedores fragilizam a lâmina ungueal. Tenha sempre seus próprios materiais para o feitio da unha. Não retire as cutículas e evite agredir o leito ungueal.

Dicas de saúde:

  • A prática habitual de atividades físicas é muito importante para a saúde.
  • Não fume.
  • Beba com moderação.
  • Use preservativos. Sexo seguro é saúde.
  • Realize a medicina preventiva visitando com freqüência o seus médicos.
  • Trate com dedicação seus problemas crônicos de saúde.
  • Não use drogas.
  • Não tome remédios sem orientação médica.

Dr. Alexandre de Abreu Sofiatti.